América do Sul no século XV

A princípio como as demais sociedades da Mesoamérica à América do sul, teve um conjuntos de diversos povoamentos e estruturas rudimentares, antes da chegada dos europeus em seu solo na Era dos descobrimento. Mudando drasticamente o jeito que esses povos enxergavam o Mundo e a vida ao seu redor, quando se a um choque de civilizações tem-se a necessidade de absorção e assimilação de alguns aspectos destas.

Na regiões do oeste da América do sul nas cordilheiras Andes, ocupava um agrupamento denominados de Incas utilizando esse território ao seu favor. Já na região leste do continente, existe agrupamentos de suma importância de nome Tupi além deste no Brasil, possuía inúmeros grupos indígenas que apesar de estarem na mesma região geográfica, desenvolviam um sistema distinto entre eles, tendo uma meca plural de idiomas sendo vinculadas.

Sendo os de destaque neste período pela sua complexidade e desenvolvimento os povos: Inca e Tupi.

Incas

Localizada na América do sul nas cordilheiras dos Andes, o Império denominado Inca constituía áreas territórias compreendidas em no Equador, Peru, parte do Chile e Bolívia, possuindo uma gama territorial expressiva com zonas montanhosas e um litoral fantástico.

Sociedade Inca

Os povoamentos originalmente se organizam de forma hierárquica, como uma  forma de terrem controle e

Representação do Sapa Inca e Coya

 Representação do Sapa Inca e Coya

superioridade perante os demais, sendo essa forma administrativa um elo que geraria o controle necessário em determinado território. Principalmente quando o território possui uma dimensão estrondosa, sendo assim os Incas eram organizados assim:

  • Rei (Chefe supremo-Sapa Inca, Rainha-Coya)
  • Nobres (escolhidos pelo Rei para ajudar a governar)
  • Funcionários e Trabalhados especializados
  • Setor inferior (Trabalhador braçal)

Religião Inca

A religião era uma ligação com o mundo espiritual, possuindo caráter vital nas relações sociais, sendo Politeístas, ou seja, acreditam em vários deuses e cada um possui um papel para enxergar a vida e acontecimentos que se julgava inexplicados. Essas divindades representavam inúmeras vezes acontecimentos e fenômenos naturais, desta forma os principais são:

  • Inti (Deus Sol)
  • Quilla (Deus Lua)
  • Viracocha (Deus da Criação)

Por seu caráter religioso tinha costume de cultuar representações que julgassem diferentes, como objetos estranhos,Pedras irregulares, Cavernas. Neste âmbito, existe no Rei uma associação muito vital a Deus.

O Sapa Inca, era ovacionado como o descendente Deus do Sol possuindo caraterísticas do Teocráticas, perante o seu modo de governar. Como era considerado um Deus, tinha um poder de impor respeito e medo, não existindo questionamentos sobre seus atos.

Economia Inca

Os povos Incas usavam o seu território como fonte  de subsistência, possuindo uma organização deste modo para se desenvolver essas terras, quase todas pessoas tinha que trabalhar, fora os jovens, velhos e doentes. Cada um um tinha que acrescentar algo ao seu grupo.

Como suas cadeias de montanhas, usavam essas como modo de gerar alimentos através do (Andino), além das florestas que geravam frutos e animais para obtenção da caça. Da sua costa peixes e o sal da água era reutilizado, possuindo também a criação de animais como gado e Ihama.

 

Sistema de Andino

Sistema de Andino

As Ihamas tinha uma papel de importância, eram domesticada é usadas como meio de transporte, bem como Esterco, Carne, Couro, sob este ponto de vista este povo tentava utilizar ao seu máximo a natureza ao seu favor.

Ihama

 Ihama

Desenvolvimento

Como mencionado o território Inca era vasto e com aspectos rudimentares, para fazerem uma ligação entre esse extremos territoriais construíram  Estradas e Pontes. Fora a utilização dos rios, com barcos feitos de troncos que geram uma estruturar terrestre favorável a população.

Assim também criaram um meio de se comunicar entre si, chamado de Chasqui que eram um grupo de mensageiros que revezavam na disseminação de mensagens, cada um tinha um percurso no qual tinha que percorrer, passando a mensagem para o próximo até chegar no endereçado.

Representação de Chasqui e Quipu

 Representação de Chasqui e Quipu

Se procurava em melhorar as estruturas de apoio a vida, gradualmente pelos os perigos que cercavam no cotiano, apesar de serem acostumados a  viver na natureza, ainda é uma forma selvagem e rudimentar, há fatores banais que podem fazer com que se perca a vida, de maneira simples e cruel.

Criações Incas

Apesar de não desenvolverem uma escrita, criaram um modo de se expressar através das transferência orais que eram introduzidas entre gerações feitas pelos Amawta. Mas possuíram também um registro numérico denominado Quipu, onde tinha vários cordões com cores diferentes no qual faziam nós, de acordo com a cor e o nó, possuía uma certo significado. Definitivamente  uma forma complexa de se fazer um registro, sendo louvável pelo período no qual foi implementado.

Igualmente criaram artesanatos de Barros, Pedras, Madeira, Tecido entre outros. Como também pela vasta natureza ao seu redor, utilizaram as matas como fonte medicinal desenvolvendo inúmeros remédios com bases naturais para cura.

Tinha um trabalho importante na arquitetura em bloco de pedra como em Templos, Palácios possuindo um monstruoso conjunto arquitetônico em Machu Picchu.

Machu Picchu atualmente

 Machu Picchu atualmente

Território Brasileiro

A primeira vista os portugueses que pisaram em solo brasileiro, encontram inúmeros “pessoas”  que estavam ocupando o território, sendo estes grupos distintos e possuindo agrupamentos em áreas distintas da terra.

De acordo com esta premissa era distribuído as terras de forma coletiva para os agrupamentos. Porém os europeus acreditavam que apesar da existência do povo, não existia o direito à terras por serem “não civilizado”, os nomeando de Índios qualquer um neste solo sem origem européia, apesar de serem centenas com aspectos e costumes totalmente diferentes. Possuindo 4 grandes grupos:Tupi-guaranis, Macro-Jês, Aruaques e Caraíbas. Possuindo um de vital importância para os Português pelo primeiro contato e reciprocidade  com os Tupis.

As quatro grandes tribos

  As quatro grandes tribos

Tupi

Ocupando  o sudeste da Amazônia, atual territórios de Rondônia, Amazônia e Bolívia, esse agrupamento tem uma teses de origens que se baseiam na premissa da vinda dos Andes e se deslocando pelo Atlântico.

Organização

Os índios se organizavam em tribos com aldeias em caráter Patriarcal, onde o Chefe faz a organização administrativa deste agrupamento, possuindo cada um definitivamente seu papel dentro da sua família. Desta forma estabelecendo os laços que serão criados como grupo.

O chefe além de ter um aspecto de Alfa é o que prove os meios para o desenvolvimento da tribo, desta forma toma decisões essenciais para vida como: a mudança de território que era essencial pelo caráter da agricultura rudimentar (tinha a necessidade de escolher o local adequado e seguro ), as função que cada membro irá fazer, como os trabalhos quer eram essencialmente das Mulheres e outros dos Homens como:

Divisões de tarefas

 Divisões de tarefas

  • Plantio (Mulher)
  • Coletar Fruto (Mulher)
  • Comida e serviços domésticos (Mulher)
  • Cuidar das Crianças (Mulher)
  • Trabalho Braçal (Homens)
  • Caça e Pesca (Homens)
  • Expedições (Homens)
  • Proteção (Homens)

Economia

Como possuía um aspecto rudimentar agrícola, usava a natureza como fonte essencial é tirava o máximo e deslocava,  tem que se adaptar ao seu meio usando a Coivara (queima do terreno para efetuar a limpeza), possuindo também uma gama de frutos ao seu dispor como: Cacau, Maracujá, Jabuticaba, Araçá.

Bem como se fixasse em algum território poderiam fazer o cultivos nas roças, plantando Mandioca, Milho, Batata Doce, Abóbora, Amendoim etc.. fora a aplicação da caça como meio de gerar um outro de tipo de fonte de alimentos.

Não possuindo os metais usando machado de pedra, arco e flecha, concha e a Zarabatana, tubo que disparava dado venenoso.

Representação dos Pajés

 Representação dos Pajés

Religião

Tinha forte senso espiritual, possuindo com seus Pajés um elo entre os espíritos, existindo rituais para adoração e aliança com o mundo espiritual.

Sendo o Pajé a fonte das revelações do mundo espiritual, existindo um poder nele que poderia curar e afetar quem quiser, possuindo um grande de respeito e medo.Cultuando os antepassando e respeitando a natureza, sendo politeísta, ou seja, adoravam vários deuses que tinha relação com a natureza.

Enfim com a chegada dos europeus muda-se a dinâmica de vida de uma sociedade que já tinha uma base sólida constituída, passando por um choque de culturas além de, uma reconquista de seus territórios e vida.Mudando o panorama de um grupo,tirando de seus domínios e os julgando perante os padrões que este denominavam de mundo.

Deixe um Comentário