Brasil colonial: O ouro

A princípio com a constituição de uma colônia de exploração no Brasil (Ilha de Vera Cruz) tem-se uma gradual obtenção de riquezas advindas deste solo.

Desta forma a Coroa Portuguesa tinham uma preocupação de garantir que essa engrenagem comercial, continue-se girando para manter os lucros crescentes, que ressaltaram no padrão econômico outorgado na época.

Quando se percebe a decaída na produção açucareira pela concorrência criada pelos Holandeses (nas Antilhas), tem-se uma necessidade de restauração da obtenção de lucros. Buscando no vasto território brasileiro, um novo meio de gerar este lucro.

Neste contexto os bandeirantes ( se aventuram pelo o solo) a procura de uma fonte de riquezas, indo encontrar nas Minas um objeto com valor inestimável.

Descoberta das Minas

 Descoberta das Minas

Assim eram terras inexploradas, que com essa descobertas ganham um aumento populacional extraordinário, tinham pessoas vindo de todos lugares querendo usufruir das riquezas das minas.

O ouro

Conforme a Coroa fez uma transição no modelo de produção, vem  a partir desta tirar das Minas o lucro bruto da economia. Porém quando inúmeras pessoas vão atrás de uma mesma fonte de riqueza, gera problemas de controle sobre a posse das riquezas.

Pois tudo que era encontrado na Minas, pertenceriam a Coroa Portuguesa, ou seja, assim que achassem qualquer objeto de algum valor, já tinha um dono sobre este material.

Sendo a Coroa um órgão de essencial de poder em solo brasileiro, se fosse usufruídos dos benefícios sem sua prévia autorização, eram considerados o ganho de  forma clandestina e escusa.

Podendo ser denunciados e pegos, sendo assim  punidos de uma forma feroz, havendo muitas vezes punições como à pena de morte, ou em alguns casos a expulsão do Brasil.

Contudo apesar das tentativa de contenção do governo português, existia em alguns casos o desvio do ouro.Tendo a necessidade de criar um órgão para fiscalizar as minas, neste contexto surge as Casas de Fundição, que seriam incumbidas de receber todo ouro retirado das Minas e transformá-lo em barras, que vão ser demarcadas em nome do Rei.

Deixe um Comentário