Mesopotâmia

Primeiramente  a Mesopotâmia foi o primeiro povo a desenvolver uma sociedade urbana complexa, sendo seu nome determinado pela  região onde se localizava sendo assim chamada “entre rios”, porque era banhada pelos rios Tigre e Eufrates onde atualmente está localizado o Iraque. Ou seja, seu desenvolvimento se estabeleceu a partir dessa localização territorial favorável  aproximadamente em 4000 a.c.

 Povos 

Os primeiros povos a se desenvolver nesse território, gerando a primeira sociedade complexa com os Sumérios, tendo em sua organização pré estabelecida por um Rei, sendo independentes e possuíam  cidades-estados. Tendo outras povos com: Babilônicos, Assírios e Caldeus.

Sendo o Rei o poder total. Caracterizado pelo Teocrático, ou seja, era um enviado de Deus na Terra para exercer esse cargo, sendo assim  a própria encarnação de Deus na terra. Desta forma tem que ser tratado deste modo, sem ser questionado é seu atos são para um bem maior.

Mesopotâmia

Território na  Mesopotâmia

Essa sociedade por ter um território propicio para quase tudo, pela localização entre os rios eram alvo de várias tentativas de conquistas, portanto tinha a necessidade de ficar sempre de ressalva e constantemente em guerras para proteger seu território. Ainda mais por ser sua fonte de subsistência, se perdem seu território é tirado o modelo em que se produz, deixando-os assim sem ferramentas para tirarem sua sobrevivência e sustento.

 

 

Sociedade na Mesopotâmia

A distribuição era de forma hierárquica, sendo constituída de forma bem distintas entre os demais setores, onde o poder estava no topo na mão do rei, é o restante dessa distribuição era:

  • Elite (Sacerdotes, Guerreiros, Funcionários, Auxiliares)
  • Maior Parte da População (Camponeses, Artesões e Comerciantes)
  • Escravos ( Prisioneiros de Guerras e pessoas Livres que possuíam algum tipo de dívida delas ou da família)

 Religião

Como em diversas religiões do Oriente,  os habitantes eram Politeístas, portanto acreditam em diversos deuses que poderiam ser representadas em diversos modos: forma humana, animal e mista.  Apesar dos diversos deuses neste período, cada um tinha um grau de importância em seu determinado setor, coexistindo de forma harmoniosas entre si.

Os deuses eram um elemento essencial da sociedade, que determinava a vida na cidade conforme fosse as pessoas, os deuses podiam beneficiar ou castigar se achassem de necessidade, assim a população justificava quase todos os acontecimentos em função deles.

Sendo de fundamental exigência respeita-los e adora-los de forma correta, sendo falta de respeito a não adoração de forma adequada. Existindo um grande estereótipo de receio e medo em vo,/cenlta de todos os deuses.

Cada cidade tinha a sua própria divindade de proteção, é qualquer fator natural que acontecesse estava ligada a eles, sendo resultado da determinação desse Deus.

Economia na Mesopotâmia

A base da economia é a Agricultura, tinham um território com solo árido,porém com a utilização dos rios como fonte de irrigação, conseguiram se desenvolver fortemente  constituído assim a ferramenta pra o principal desenvolvimento da sociedade.

Agricultura na Mesopotâmia

Agricultura na Mesopotâmia

Esses canais de irrigação serviam como um modo de desenvolver uma terra não tão favorável, possuindo os Rios várias facetas pra imponência dessa civilização.

Com esse desenvolvimento agrícola, portanto criando um excedente, que pode ser comercializado, além de outros produtos que eram escassos em outras  regiões, com esse comércio constitui uma riqueza e poder para o Rei. Além dos impostos e tributos cobrados em suas terras, sendo um conjunto de renda imensuráveis para o Rei. Que ganhava com esse desenvolvimento econômico, tornando cada vez mais estabilizado entre os demais territórios.

Escrita e Leis

Os  Sumérios criam uma escrita pra facilitar suas relações comercias e a vida no cotiano, essa escrita era denominada Cuneiforme, que eram é forma de cunha  escrita em tábuas de argilas. Constituindo este símbolos,  de desenhos que representavam objetos, personagens, idéias  com significados distintos.

Escrita Cuneiforme

  Escrita Cuneiforme

A escrita cuneiforme era essencial pra a civilização, portanto quem sabia escrever com  está tinha um papel de grande importância e renome, sendo denominados Escribas.  Que eram especialista na escrita Cuneiforme, é seriam um elo de essencial importância de transmissão da História e Tradição para outras gerações, espalhando seu legado.

Quando uma determinada civilização vai se desenvolvendo tem que se criar regras para organizar esse modelo de vida, assim surge o Código de Hamurábi  sendo o primeiro código de leis escrito. Na qual se estabelecia a premissa de: olho por olho, dente por dente.

O rei de Hamurábi estabelece este código, se baseando que os delitos serão punidos na mesma moeda, ou seja, quem sofreu a ação, pode cometer a mesma ação ou de igual intensidade naquele que promoveu.

Em conclusão a Mesopotâmia foi um agrupamento humano, que se desenvolveu inúmeras acontecimentos de suma importância pra atualidade, com  a constante busca de melhoria nas condições foi se revolucionando em diversos setores, obtendo reconhecimento Histórico pelo seu caráter  colossal na Humanidade.

Deixe um Comentário