O Antigo Egito

Vimos anteriormente na Pré-História, como a espécie humana surgiu na África, bem como foi se desenvolvendo com a migração gradativa entre os estreitos.

Desta forma a medida que esses povos iam se desenvolvendo se expandiam, aprimorando através de técnicas, ferramentas, contatos com outros povos, até se estabelecerem adquirindo traços da localidade e criam seus próprios. Partindo dessa premissa assim surge uma das mais importantes civilizações do mundo, O Antigo Egito.

A Dádiva do Egito

No nordeste da África, a Civilização Egípcia se desenvolveu a  aproximadamente 4 mil anos a.c, as margens do Rio Nilo, passando no deserto do Saara.

O Egito Antigo

 O Egito Antigo

Certamente umas das primeiras civilizações, com um caráter grandioso que se mostrou durante toda a sua sociedade, conseguindo  expressar o seu poder é desenvolvimento até atualmente, influenciando pelo o conjunto colossal de monumentos e História.

O Rio Nilo foi uma fonte de vital importância em diversos campos da sociedade egípcia, sendo assim seu território divido a partir disto:

  • Baixo Egito ( no Delta)
  • Alto Egito (no Vale do Nilo)

Conforme a magnitude do Rio Nilo para o mundo antigo é de tanto destaque, que era considerado por muitos um ser de adoração denominado de “Dádiva do Nilo“( um Deus ), porque dava condições favoráveis para o desenvolvimento agrícola e comercial.  Sendo seu território constante fonte de disputas, pela área fértil que poderiam ser muito proveitosas pela localização é elo com o mar Mediterrâneo. Suas inundações favorecia a região que era cercado pelo o deserto, gerando oásis .

Religião no Antigo Egito

Um dos grandes traços dessa sociedade é o aspecto religioso, onde era de suma importância para o desenvolvimento do cotidiano essa representatividade. Acreditava que o corpo e a alma poderiam se reencontrar depois da morte, tendo um pós vida.

Representação do Deus Rá

Representação do Deus      Rá

Sendo Politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses, que poderiam ser representados tanto de forma humana, animal ou ambas. Estes deuses poderiam afetar em suas vidas, sendo assim conseguiriam prejudicar ou proteger os seres humanos. Então os deuses eram correspondentes a forças naturais da sociedade, como por

exemplo:

  • (o Sol)
  • Osíris (o Nilo)
  • Set (o Caos)

Os  animais que eram associados há alguns dos  deuses com: gato, falcão, crocodilo,cobra, boi entre outros. Vistos  algumas vezes como animais sagrados, podendo ser a encarnação de determinado Deus, em alguns casos necessitando de um tratamento diferenciado. Tendo importante para a mitologia do Antigo Egito, com suas crenças e tradições.

Pós Morte

Como se acreditava na existência de uma alma e a sua imortalidade, o corpo era essencial para o processo de transição, sendo suas condições de estado essenciais  após a morte, um elemento primordial para um  vital  processo de continuidade é retorno ao corpo, enquanto o corpo estivesse bem, a alma estaria também, necessitando da mumificação para a conservação deste corpo. Qualquer dano ao corpo do morto era uma maldição, pela impossibilidade da eternidade.

Seriam julgado no processo de transição para a eternidade, é levando em consideração sua vida, com suas “boas ações”, assim haveria um contraposto entre ações que eram consideradas boas e as ações julgadas ruins. Se as  ações ruins se sobre possem as boas, a alma estaria condenada a desaparecer.

O Governo no Antigo Egito

Hierarquia sociedade Egípcia

 Hierarquia sociedade Egípcia

O governo na civilização egípcia era desempenhada por um rei, que era denominado Faraó. Sendo visto como um Deus tendo uma inegável ligação com a religião.

Empenhando o papel de chefe  divino ( Teocracia), com o poder centralizado em suas mãos  é a partir dele existiria uma hierarquia pré estabelecida a serem seguidas em: Sacerdote, Nobres, escribas e as camadas inferiores…

Escrita 

Primeiramente pelo grau de complexidade desta civilização desenvolveram a escrita a partir de desenhos, denominada Hieróglifos  que eram sinais e sons que representavam idéias , escritos  em colunas ou linhas horizontais. Inegavelmente pela ligação da religião na vida, muitas vezes esse hieróglifos era associados ao deuses.

Hieróglifos Antigo Egito

   Hieróglifos Antigo Egito

Roupas e Moradias

As pessoas prezavam muita pela higiene e limpeza, sendo assim parâmetros por muitos  como forma de separar dos demais setores da comunidade. No quesito de adornos era utilizado por diversas vezes, amuletos ligados ao deuses como forma de proteção dos males. Quanto mais magnânima eram as roupas e jóias, mais  poderes a pessoa possuía na sociedade.

Casas das classes superiores no Egito Antigo

Casas das classes superiores no Egito Antigo

 

 

Enquanto na questão moradias, como mencionei anteriormente o Rio Nilo era fonte vital da sociedade, dando os atributos pra sobrevivência e desenvolvimento, como o barro pro tijolos das casas mais simples. É a  elite com o Faraó, já vivia no palácio com grande espaço arejado, que normalmente tinha um jardim.

Casas simples Egito Antigo

 Casas simples Egito Antigo

 

 

 

 

 

 

Em síntese a civilização  egípcia possui uma área territorial privilegiada, que ajudou a sua supremacia sobre outros povos. Em conclusão  sua religião e tradições, foram decisivas para muitas facetas do desenvolvimento complexo desse povo. Afinal é um um exemplo de civilização para a humanidade, por todo o seu legado.

Deixe um Comentário